Blog

Você está em: HomeBlogO que o filme Divertida Mente tem a nos ensinar sobre as emoções?

O que o filme Divertida Mente tem a nos ensinar sobre as emoções?

Já olhou pra alguém e pensou: O que se passa na cabeça dela? O filme retrata as emoções como seres que habitam nosso cérebro e, através do trabalho em equipe, coordenam o dia a dia de cada um dos personagens.

Está em cartaz nos cinemas Divertida Mente, um filme de animação em 3D produzido pela Pixar Animation Studios e distribuido pela Walt Disney Pictures.

O filme conta a história de Riley, uma garota divertida de 11 anos de idade, que deve enfrentar mudanças importantes em sua vida quando seus pais decidem deixar a sua cidade natal. Dentro do cérebro de Riley, convivem várias emoções diferentes, como a Alegria, o Medo, a Raiva, o Nojinho e a Tristeza. A líder deles é Alegria, que se esforça bastante para fazer com que a vida de Riley seja sempre feliz. Entretanto, uma confusão na sala de controle faz com que ela e Tristeza sejam expelidas para fora do local. Elas precisam percorrer as várias ilhas existentes nos pensamentos de Riley para que possam retornar à sala de controle - e, enquanto isto não acontece, a vida da garota muda radicalmente.

E o que um filme infantil pode nos ensinar?

De forma leve e divertida, o filme aborda um tema que está cada vez mais em destaque – o equilíbrio emocional. As emoções são retratadas como seres que habitam o cérebro de cada pessoa e, através do trabalho em equipe, coordenam o dia a dia de cada um dos personagens.

A história se desenrola quando a Alegria se desentende com a Tristeza, sendo então o primeiro desequilíbrio entre as duas emoções. A vida de Riley se transforma - sentimentos, pensamentos e atitudes mudam totalmente.

O filme nos mostra o quanto é prejudicial quando nos deixamos tomar por apenas uma emoção como a raiva ou o medo, por exemplo. Deixamos de agir de forma coerente e muitas vezes nos percebemos de uma forma completamente diferente de quem somos.

Outra questão abordada é que não há uma emoção melhor ou pior que a outra, cada uma tem uma função importante, mas elas só cumprem seu papel de forma efetiva e construtiva quando estão em equilíbrio.

Não vamos aqui contar o final do filme, mas perceba o quanto o equilíbrio tem o total controle da sua vida.

Em nossos treinamentos trabalhamos constantemente a importância em nos autoconhecer. Quando se encontra o ponto de equilíbrio é que tomamos as decisões mais coerentes para cada um de nós. É quando nossa vida está seguindo o caminho certo.


Vale ressaltar que as emoções abordadas no filme são, de certa forma, diferentes das que trabalhamos no Eneagrama. As emoções para o Eneagrama nem sempre têm o mesmo significado que estamos habituados e que é encontrado no dicionário.


COMPARTILHE:
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS
  • Isah - 08/10/2016

    "Preciso saber a resposta das questões "

Ver todos

CADASTRE-SE E RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE ENEAGRAMA NO SEU E-MAIL.

Todos os direitos reservados. Instituto Eneagrama. 2017

Desenvolvido por: DBlinks - Agência Digital