Blog

Você está em: HomeBlogDe frente com o trainer - Conheça a história de Luciano Iepsen

De frente com o trainer - Conheça a história de Luciano Iepsen

Luciano Iepsen é trainer do Instituto Eneagrama e gestor à frente da franquia de Santa Cruz do Sul (RS). Confira o De frente com trainer:

Luciano Iepsen, trainer do Instituto Eneagrama e gestor à frente da franquia de Santa Cruz (RS), iniciou sua jornada com o eneagrama há 8 anos. Hoje, vê o eneagrama como uma ferramenta de transformação, tanto profissional quanto emocional.

Depois de perceber um padrão comportamental que o impedia de realizar seus sonhos, Luciano descobriu como, a partir do eneagrama, gerir suas emoções e atitudes de forma eficaz e assertiva. Em entrevista exclusiva para o blog do IE, ele nos conta sua trajetória até aqui.

Confira o De frente com trainer com Luciano Iepsen:

Como descobriu o eneagrama?

Trabalhei durante muitos anos na área industrial, atuando no setor de engenharia de produção. Toda minha formação era baseada em conhecimentos técnicos. Possuía um perfil extremamente calmo, ponderado e dificilmente me posicionava com mais assertividade. Com o tempo, percebi que esse padrão comportamental me impedia de assumir novos desafios. Decidi buscar por cursos e treinamentos que pudessem auxiliar meu desenvolvimento pessoal.

Em 2010, quando conheci o eneagrama, descobri que minhas habilidades e competências emocionais não estavam alinhadas com a área técnica e sim com o lado humano. Percebi que durante anos me dediquei a construir uma carreira de sucesso amparado em conhecimento técnico, e ao saber que minhas habilidades não estavam alinhadas com a profissão, fiquei um pouco frustrado. Vi que por falta de autoconhecimento, deixei de utilizar o melhor do meu potencial, tentando ser o que o mercado de trabalho pedia, e não quem exatamente eu era. O eneagrama me permitiu descobrir também que, independente da área profissional que fosse seguir, precisava desenvolver meu lado assertivo e me comunicar de forma mais clara e objetiva.

Como e quando o eneagrama se tornou profissão?

Foi em 2010, logo após realizar o treinamento. Como essa ferramenta me ajudou a enxergar e a corrigir muita coisa que eu não percebia, passei a compartilhar com outras pessoas, ajudando assim a montar as turmas aqui em Santa Cruz do Sul (RS). Em alguns meses, entrei para o processo de formação e instrução, mas ainda trabalhava paralelamente na área industrial. Comecei a ministrar para algumas turmas aqui em Santa Cruz e em algumas cidades do interior do Rio Grande do Sul. Essa vivência me permitiu perceber que estava ali meu propósito. Em 2012, fui convidado a assumir a gestão da franquia de Santa Cruz do Sul e região. Decidi me desligar da empresa onde trabalhava para empreender nesse projeto. O apoio da família ajudou bastante no processo de transição.

Como foi a primeira turma?

Ministrei a minha primeira turma em 2011, o que foi muito interessante, pois eu ainda me sentia inseguro, mas a certeza de que estava fazendo algo que poderia mudar a vida daquelas pessoas presentes na sala me fazia seguir em frente.

Como é trabalhar com o eneagrama?

Vejo o eneagrama como um instrumento de transformação e principalmente de equilíbrio emocional. Eu costumo dizer que as pessoas não têm ideia do potencial que elas possuem. Nós não conhecemos a força que temos, e, ás vezes, só usamos uma parcela desse potencial. Com o eneagrama, é possível identificar com clareza quando e como nossas emoções são competências fundamentais ou quando se tornam nosso maior sabotador. Funciona como duas pontas de uma mesma corda, e o indivíduo no seu trabalho ou em relações pessoais precisa estar consciente e identificar qual ponto da corda é preciso puxar para obter o melhor resultado. Fazer parte dessa mudança de perspectiva é realizador.

Qual história marcou sua trajetória com o eneagrama?

Um momento especial foi quando o meu filho, que tinha apenas 13 anos na época, realizou o treinamento. Mesmo com a pouca idade ele teve a percepção de que tinha alguns traços de personalidade já estabelecidos e decidiu fazer o treinamento. O eneagrama lhe permitiu compreender de forma consciente suas limitações e também perceber seu potencial, e hoje conseguimos conversar abertamente sobre os desafios em relação aos estudos, a busca por uma profissão e mesmo até sobre conflitos emocionais típicos da adolescência. Este momento foi bem marcante, porque de certa maneira nos aproximou ainda mais.

Defina o Eneagrama em uma palavra.

Transformação.

Defina a sua trajetória em uma palavra.

Autorrealização.

Quem era o Luciano antes?

O Luciano era uma pessoa com muita vontade de realizar algo maior, mas com uma visão bastante limitada e com muita dificuldade de se posicionar. Hoje tenho consciência do que eu quero e do que precisa ser dito, consigo manter um posicionamento mais firme e assertivo.

Luciano depois do Eneagrama?

Um indivíduo que reconheceu que profissão e propósito podem e devem andar juntos.

IE-CTA-TREINAMENTO.png

COMPARTILHE:
ÚLTIMOS COMENTÁRIOS

CADASTRE-SE E RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE ENEAGRAMA NO SEU E-MAIL.

Todos os direitos reservados. IEneagrama. 2019

Desenvolvido por: DBlinks - Agência Digital