Sala de Cinema

    Você está:
  • Home
  • >
  • >
  • Grey’s Anatomy
Busca por tipo:
  • Tipo 1
  • Tipo 2
  • Tipo 3
  • Tipo 4
  • Tipo 5
  • Tipo 6
  • Tipo 7
  • Tipo 8
  • Tipo 9

Grey’s Anatomy

O drama acompanha a vida pessoal e profissional de estagiários de cirurgia e seus supervisores do Grey Sloan Memorial Hospital, anteriormente conhecido como o Seattle Grace Hospital.

A primeira temporada apresenta Meredith e outros quatro estagiários, mas o elenco se renova a cada ano, enquanto alguns veteranos se despedem de tempos em tempos, novos rostos se juntam à equipe médica.

Grey’s Anatomy já chegou 16ª temporada e se estabeleceu como uma das maiores séries dos últimos anos e fortes emoções e histórias envolventes de médicos e pacientes são garantia para quem acompanha esta série.

A gente analisou o padrão emocional de personagens que marcaram Grey’s Anatomy.

Confira abaixo!

 

Grey’s Anatomy

Nenhum personagem desse tipo.

Ellis Grey

Ellis Grey

Tipo: Tipo 1 - O Perfeccionista

Sub-tipo: Sexual

Se tem uma coisa que fica evidente no comportamento da mãe da protagonista da série é o seu altíssimo nível de exigência – característica muito presente no comportamento do perfil 1, que é extremamente perfeccionista, esforçado e disciplinado. E, quando essa autocobrança se reverbera em cobrança da perfeição do comportamento de outras pessoas, fica aí ilustrado o instinto sexual de sua personagem. Sua personagem mostra que o dever está acima de qualquer coisa quando mostra sua atitude cuidando de um paciente soropositivo, mesmo com todo preconceito com a doença na época do fato. Quando um tipo 1 assume um compromisso, considere-o executado sempre. A maneira de pensar do perfil 1 sexual é: “só merece quem se esforça” e “o mínimo que você precisa fazer é o máximo”. Esta forte exigência faz Ellis Grey direcionar uma grande cobrança com todos os que estão ao seu redor, em especial à sua filha Meredith, a quem certa vez direcionou sua indignação dizendo: “Imagina minha decepção ao acordar depois de anos e ver que você não é nada além de ordinária e comum”. Ellis buscou a vida inteira ser o melhor que ela podia ser, mas para Meredith sempre foi um desafio lidar com o nível de exigência da mãe.

Erica Hahn

Erica Hahn

Tipo: Tipo 1 - O Perfeccionista

Sub-tipo: Sexual

A aparição de Erica Hahn no hospital acontece quando Denny Duquette precisa do transplante de coração e Preston Burke não pode realizar o procedimento, pois está ferido. O coração do doador iria anteriormente beneficiar um paciente da Dra. Hahn, mas, devido à impulsiva decisão de Izzie em cortar o LVAD, Denny acabou passando à frente da fila da UNOS. Dra. Hahn, mesmo contrariada pelo fato de ver seu paciente sem solução, acaba por realizar a operação – porém sem saber a verdade por detrás desta inversão na fila de transplantes. Atitude comum com tipos 1, se algo precisa ser feito, considere-o pronto. Seu instinto sexual se manifesta pelas cobranças excessivas com as outras pessoas. Já a sua ferida da traição fica clara quando descobre, anos depois, a verdade por trás do transplante e fica sabendo que Izzie, mesmo tendo agido de maneira incorreta, ainda trabalha como uma médica no hospital. Ao perceber tamanha injustiça, sente-se traída pelas pessoas que nunca contaram a ela a verdade e pede demissão do hospital – decisão convicta baseada naquilo que acredita ser correto.

Preston Burke

Preston Burke

Tipo: Tipo 1 - O Perfeccionista

Sub-tipo: Preservação

Preston Burke não possui as mãos de 2 milhões de dólares à toa: foi graças à sua disciplina e à sua dedicação à medicina que ele chegou nesse lugar. Assim como os representantes do perfil 1, Preston sempre acreditou na meritocracia, já que só merece quem realmente se esforça. Podemos notar isso quando escolhe Cristina para auxiliá-lo nas cirurgias, não por ser sua namorada e, sim, porque reconhece o quão determinada ela é nos seus estudos. Já o instinto preservação se apresenta na raiva autopunitiva. Após a recuperação da cirurgia na sua mão, ele faz treinos incessantes para buscar novamente sua precisão cirúrgica. Preston também apresenta um jeito mais metódico, na forma de organizar sua casa e suas coleções. Bastante exigente em suas relações, Preston abandonou Cristina no altar, pois sabia que não conseguiria mudá-la do jeito que ele julgava ser o certo.

Lexie Grey

Lexie Grey

Tipo: Tipo 2 - O Prestativo

Sub-tipo: Preservação

Talvez uma das cenas mais emblemáticas do comportamento de Lexie Grey é quando Meredith faz ovos de café da manhã para ela e, mesmo sendo alérgica a ovos, Lexie come educadamente. Isso a coloca em um grande dilema, comum ao seu perfil 2: para não deixar de ser querida pela irmã que está começando a conquistar, submete-se a uma situação que prejudica a própria saúde. Seu instinto como preservacionista se apresenta quando tenta agradar todo mundo, assim tendo privilégio de ser tratada com carinho em troca. Seu jeito carismático e envolvente rapidamente conquista várias pessoas, em especial Dr. Mark Sloan, por quem ela também cai de amores. Devido ao seu orgulho, no entanto, leva muito tempo para dar o braço a torcer para este amor, pois não se sentiu querida quando Mark passou a dar mais atenção para sua filha grávida, que aparece repentinamente na história. Sua autoconfiança não se abala nem em sua morte: quando, mesmo com o peso da fuselagem em seu corpo, não demonstra fraqueza – um jeito sutil de ainda cuidar das outras pessoas e não olhar para a própria dor.

Andrew De Lucca

Andrew De Lucca

Tipo: Tipo 2 - O Prestativo

Sub-tipo: Preservação

Dr. Andrew De Lucca tem sua cena mais emblemática quando, mesmo tendo razão, desiste do processo contra Dr. Karev, pois as pessoas do hospital deixaram de gostar dele por causa da ação. Mesmo De Lucca tendo quase morrido com a surra que tomou de Alex e mesmo sendo totalmente descabido desistir do processo, ele acaba deixando seus próprios sentimentos de lado para tentar agradar as pessoas. Como um bom tipo 2, tende a abrir mão de si mesmo, de seus direitos e do que é justo para si em prol de fazer aquilo que agradaria as outras pessoas. Sempre carinhoso e prestativo com as pessoas, Andrew esquece tanto de si que a postura de salvar o outro se apresenta ainda mais claramente quando assume, no lugar de Meredith, a culpa pela fraude no plano de saúde. Muito prestativo e cordial, como um bom tipo 2 preservação, atualmente Andrew está em uma fase de orgulho ferido: as pessoas não acreditam que ele está bem, e isso o faz se sentir rejeitado e humilhado, reagindo com a agressividade natural do estresse da personalidade.

Callie Torres

Callie Torres

Tipo: Tipo 2 - O Prestativo

Sub-tipo: Sexual

Callie Torres, sempre extrovertida e animada, usa do seu carisma para conquistar as pessoas e se aproximar delas. O traço mais significativo da personalidade se apresenta quando alguém precisa de ajuda – por exemplo, quando Addison prega a calcinha de Meredith no mural e, prontamente, Callie salva a pele de Meredith. E é dessa forma que Callie garante que a personagem principal da série precisa tratá-la com carinho; afinal, Callie salvou o dia e, como um bom tipo 2, ela gosta de ser vista. Seu instinto sexual se apresenta ao competir pela atenção de seu esposo e tentar ser a pessoa favorita na vida do amado que, sempre vulnerável, acaba não sabendo como equilibrar seu tempo entre a esposa e as amigas Izzie e Meredith. Para levar Callie ao estresse, basta que ela se sinta rejeitada ou humilhada – aí vemos rompantes agressivos comuns da personalidade de tipo 2.

Izzie Stevens

Izzie Stevens

Tipo: Tipo 2 - O Prestativo

Sub-tipo: Sexual

Izzie, desde o início da série, mostra uma enorme doação de si com todos os pacientes. Ela se conecta, passa horas conversando e acompanhando, e se envolve emocionalmente com suas questões. Sua sensação de capacidade a deixa cega na tomada de decisões, mostrando seu lado imprudente quando acredita que pode salvar Denny com as próprias mãos. Não analisa nenhuma consequência dos seus atos e apenas age para salvá-lo – atitude muito característica do perfil 2. Izzie se compadece facilmente de todos que precisam de ajuda, mesmo que precise quebrar regras ao atender uma imigrante ilegal no lado externo do hospital ou até salvar a vida de animais. Seu instinto sexual se manifesta na competição para ser a favorita das pessoas, em especial ganhar de Callie na disputa pelo George.

Denny Duquette

Denny Duquette

Tipo: Tipo 2 - O Prestativo

Sub-tipo: Sexual

Não teria como analisar Grey’s Anatomy sem trazer o paciente mais carismático e sedutor de todo o seriado! E estas características já começam a demonstrar sua personalidade. Estando no perfil 2 sexual, Denny Duquette demonstra seu orgulho desde que aparece no seriado. Mesmo tendo um problema muito sério no coração, ele está sempre disposto e com um sorriso largo no rosto, comportando-se de modo muito envolvente com as pessoas. Até mesmo quando Izzie tenta convencê-lo de cortar o fio do LVAD, ele diz que não precisa, que ele vai aguentar até o próximo coração disponível, como se desse conta. No fim, ele somente cede quando Izzie diz: “faça isso por mim”. Com o tipo 2 geralmente é assim, se você pedir algo para ele (que, por vezes, possa até prejudicá-lo), mas mostrar que isso é importante para você, a tendência do perfil é fazer o que você pede!

Derek Sheppherd

Derek Sheppherd

Tipo: Tipo 3 - O Bem-sucedido

Sub-tipo: Preservação

Reconhecido como um dos mais bem-sucedidos neurocirurgiões do país, Derek Sheppherd esbanja carisma, é admirado por todos e visto como a estrela do hospital – gostando bastante desse título. Assim como os representantes do perfil 3, Derek é bastante competitivo e focado em suas realizações. Antes de realizar qualquer cirurgia, falava “hoje é um lindo dia para salvar vidas” e se mostrava sempre entusiasmando e motivado, mesmo quando as coisas não iam bem. Seu instinto preservação ficou evidente com o acidente de avião que sofreu: tendo os movimentos da sua mão prejudicados, seu maior medo era ficar incapacitado de exercer com sucesso sua profissão. Para buscar maior estabilidade e segurança no trabalho, mesmo com as sequelas na mão, começou a dar aulas, assumindo também a chefia do hospital. Movido a desafios, a única coisa que motivou Derek a voltar a operar após um momento de estresse foi que ele seria o único neurocirurgião capaz de salvar a vida da Izzie.

Jackson Avery

Jackson Avery

Tipo: Tipo 3 - O Bem-sucedido

Sub-tipo: Preservação

A postura de Jackson Avery é de alguém que tem objetivos claros sobre onde chegaria e de qual seria sua especialidade desde o início da residência, típico do perfil 3. Sua fala é polida e podemos ver, por meio da sua administração no hospital, uma gestão bastante política, fazendo aquilo que esperavam dele – por exemplo, em relação à escolha do novo nome do hospital. Jackson lamenta nunca poder ganhar o prêmio Hapery Avery por ser uma Instituição de sua família e, com isso, acredita que nunca de fato será tão importante quanto um deles, pois é lembrado apenas como “bonito da família”. Por isso, fica bastante evidente a busca de Jackson para receber a admiração por seus próprios feitos. O instinto preservação fica claro no fato de Jackson ser muito focado no trabalho, assumindo mais de uma posição no hospital e também abrindo mão de uma paixão por Lexie em prol da sua carreira. Nos relacionamentos, Jackson apresenta dificuldades com intimidade e sentimentos, comuns ao perfil de quem reprime suas emoções.

Addison Montgomery

Addison Montgomery

Tipo: Tipo 3 - O Bem-sucedido

Sub-tipo: Sexual

Addison manifesta sua vaidade através de sua atitude polida, política e diplomática com Meredith. Como uma boa tipo 3 sexual, entra na competição pelo que quer, disputando o Derek com a protagonista da série. Mas o que realmente inspira Addison é o desafio e a sua vontade de ser admirada. E isso fica explícito quando o chefe Webber a motiva através da seguinte proposta: ‘Em Seattle, você vai ser Primeira página. Com a sua reputação e o dinheiro que eu vou investir para te promover, Seattle Grace vai se tornar o melhor hospital neonatal do oeste de Manhattan”. Antes dessa proposta, Derek havia pedido que Addison se mudasse para Seattle diversas vezes, mas só com a oportunidade de destaque profissional é que ela tomou a decisão de mudar.

Amelia Sheperd

Amelia Sheperd

Tipo: Tipo 4 - O Romântico

Sub-tipo: Sexual

Com reações impulsivas e autodestrutivas, Dra. Amelia Sheperd teve seu comportamento potencializado por um tumor no cérebro. De sua personalidade, o mais marcante é que muitas vezes o perfil 4 quando está à beira da felicidade, mas inconscientemente causa situações que sabotam sua realização, pois é mais fácil sofrer – estar em uma posição de vítima é um mecanismo de defesa da personalidade. Uma das sabotagens acontece quando coloca entre ela e Link um teste: ele só provaria que a amava verdadeiramente se ficasse com ela independentemente de ser ele o pai de seu filho ou não. Amelia é sensível e conectada aos seus sentimentos. Tentando compreendê-los, comparou-se com o irmão por longos anos e sempre se viu inferior a ele. Tentando provar seu valor (atitude comum ao 4 sexual), rivalizar com quem obtém mais atenção é uma atitude comum. Amelia foi um dos personagens que mais evoluiu no seriado: passou a ser mais centrada e autoconfiante quando começou a se responsabilizar por seus sentimentos. Mas o que sempre foi bonito de ver é que ela nunca escondeu o que sentia ou o que pensava – ela sempre se apresentou de maneira autêntica.

Arizona Robbins

Arizona Robbins

Tipo: Tipo 4 - O Romântico

Sub-tipo: Preservação

Arizona Robbins se mostra uma mulher emocional desde o início de sua passagem pelo seriado. Sua sensibilidade faz com que facilmente chore, especialmente frente a autoridades, o que demonstra fortemente sua autocrítica e sensação de incapacidade. Seus tênis com rodinhas já nos mostram sua autenticidade e a irreverência de alguém que não topa apenas ser mais uma médica, mas sim uma pessoa singular, como um bom tipo 4. Seu instinto de preservação fica explícito pela idealização de seu estilo de vida: não ter filhos, mas como pediatra cuidar de crianças todos os dias – seu jeito singelo de esconder a dor de ter perdido um irmão quando mais jovem. Seu estresse deixa ainda mais evidente sua personalidade como tipo 4, quando sua perna precisa ser amputada após o acidente aéreo, e Arizona passa a culpar Callie e Karev por sua perda. Explicitando com profundidade a sensação de falta já típica do perfil, Arizona passa por um longo período de adaptação sem a perna, até que volta a encontrar sua identidade, tão importante para o perfil.

Meggie Pierce

Meggie Pierce

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Preservação

Com um alto nível de ansiedade, além da necessidade de sempre estar no controle da situação, Meggie Pierce é representante do perfil 6. Ela tem uma postura bastante desconfiada com sua nova “família”, e é capaz de julgar um livro pela capa. Devido ao seu medo, acaba tendo dificuldade de se entregar nas relações, sejam elas familiares, profissionais ou até mesmo afetivas. Mas, após se certificar de que está em um ambiente seguro, mostra-se muito leal e zelosa, principalmente com sua irmã Meredith e seus sobrinhos. O instinto preservação se mostra bastante claro na sua atitude mais metódica e séria para preservar seu trabalho. Acaba deixando de realizar o que tem vontade (por exemplo, o seu relacionamento com Jackson) por medo de colocar em risco sua estabilidade no hospital e por desconfiar de que ele não a ama verdadeiramente. Atitude comum aos tipos 6: desconfiar até do amor.

April Kepner

April Kepner

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Preservação

April Kepner, bem como os representantes do tipo 6, usam a orientação externa como um guia para suas decisões. Ela utiliza a sua religião e os conselhos de seus amigos de confiança como um norte no modo pensar e agir, distanciando-se das suas verdadeiras vontades, aquelas que costumava expressar em seu caderninho vermelho. April, ao chegar no Seattle Grace, se mostra bastante insegura e ansiosa diante da nova realidade. A manifestação do instinto preservação se torna evidente pelo fato de April ser extremamente devotada às amizades e principalmente à sua família – seu sonho sempre foi casar e ter filhos, assim como mandam as tradições. April é uma excelente médica, mas não acredita no seu potencial; e sua baixa autoconfiança fica evidente quando, após um erro médico, ela deseja não exercer mais seu cargo de cirurgiã.

Jo Wilson

Jo Wilson

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Sexual

Abandonada por sua mãe em um quartel de bombeiros, Jo Wilson passou por diversos lares adotivos até os seus 16 anos. Por isso, passa a ter uma postura desconfiada perante a vida, sentindo como se todos fossem lhe trair, assim como os representantes do perfil 6. Fica clara a sua tentativa de demonstrar força e independência, não aceitando ser subjugada, que são traços apresentados no instinto sexual. O fato de ser bastante reativa em alguns momentos, mas muito gentil com pessoas que gosta, também são características desse instinto. A dificuldade de confiar faz com que tenha poucos, mas bons e velhos amigos – por exemplo DeLucca, além de criar laços afetivos com Karev por terem tido desafios parecidos em suas vidas. Outra característica bastante presente do tipo 6 é o valor dado à família, pois mesmo sabendo que foi abandonada pelos pais biológicos, é muito importante para ela saber quem é sua verdadeira origem. Jo se joga de cabeça em desafios e é ousada, mas sua grande dificuldade está em ouvir seu coração e demonstrar suas vulnerabilidades.

Teddy Altman

Teddy Altman

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Preservação

O nível de insegurança de Teddy Altman se apresenta durante todo o seriado. A personagem esteve presente em dois períodos e, em ambos, demonstrou sua dificuldade em falar do que sentia por Owen Hunt, já que sempre esteve preocupada em perder o amigo ao expressar seu amor por ele. Em sua primeira passagem no seriado, Teddy demonstrou muita transparência e, como todo tipo 6 preservação, não tem vergonha de dizer que não sabe como executar alguns procedimentos ou que não se lembra de todas as etapas. Por isso, ela busca orientação externa com Dra. Yang para validar suas decisões em cirurgias. Sua atual situação no seriado mostra um traço da personalidade 6 muito evidente, o de preencher dúvidas internas com sensações de traição. Por exemplo, ao desconfiar que o filho de Amelia poderia ser de Hunt, acaba impulsivamente se relacionando com Tom e, depois deste fato, acaba descobrindo que o filho é na verdade de Link. A desconfiança de uma traição a colocou em uma situação de traição. O Eneagrama explica: muitas vezes, ferimos os outros como fomos feridos em nossa infância.

Alex Karev

Alex Karev

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Sexual

Alex Karev, como um bom tipo 6 sexual, em um ambiente novo e desconhecido tem como primeira atitude levantar a guarda e adotar uma postura de força para afastar possíveis pessoas que tentem dominá-lo. Sempre transparente, como todo perfil 6, Karev acaba dizendo o que pensa com a típica rigidez e intolerância do instinto sexual. Raramente Alex vê possibilidade de as coisas darem certo, mostrando seu radar voltado para os riscos e sua tendência pessimista diante das situações. Ao longo da série, ele baixa a guarda e mostra um homem com inseguranças que se esconde atrás de uma postura agressiva. Mas o que nunca poderemos questionar é a lealdade que ele tem aos amigos que, após um tempo, passam a fazer parte do seu grupo. É quando vemos o melhor do perfil 6 e do Alex, defendendo seu time, cooperando e andando junto. Mesmo quando recebe oportunidades valiosas para ir para outras cidades, Alex prefere ficar onde já é seguro e onde estão os seus.

Miranda Bailey

Miranda Bailey

Tipo: Tipo 6 - O Questionador

Sub-tipo: Sexual

Facilmente confundida com tipo 8, Bailey é decifrada ao longo da série: sua postura durona e autoritária, em um primeiro momento, é comum ao 6 sexual, assim como a guarda levantada com pessoas que não conhece e não sabe se pode confiar. Mas, ao longo do tempo, acaba se conectando aos internos e cuidando deles como filhos, com a típica alternância de comportamento do 6 sexual – quando o filho está fazendo as coisas certas, acaba agradando; mas basta pisar fora da linha que já leva uma chamada de atenção. Falando em pisar fora da linha, como um bom tipo 6 que gosta de processos e regras, Miranda se torna fiscal deste cumprimento de regras e, com moralismo e rigidez, passa a corrigir todo aquele que descumprir o que está acordado. Dessa forma, ela busca eliminar os riscos de alguém tentar passar por cima da sua autoridade, algo que é imprescindível para o 6 sexual, o controlador do Eneagrama.

Ben Warren

Ben Warren

Tipo: Tipo 7 - O Sonhador

Sub-tipo: Sexual

Sempre de maneira impulsiva e totalmente fascinada com a novas ideias, como um bom tipo 7 sexual, Ben Warren se sente atraído por tudo aquilo que é diferente e topa qualquer nova aventura. Dr. Warren inicia no seriado sendo anestesista; quando começa a se relacionar com Bailey, acaba se interessando pela ideia de ser cirurgião e decide de uma hora para outra que vai fazer residência no hospital. Ben sequer chega a ser médico atendente quando decide ser bombeiro. Sua instabilidade e tomada de decisões impulsivas acaba deixando sua amada Bailey sempre insegura, visto que ela, como tipo 6, dá muito valor ao controle das situações. Ben é descontraído e entusiasmado e, mesmo quando se desentende com Bailey quando ela repentinamente adota um adolescente, no dia seguinte já conversa com ela e tudo se resolve. Afinal, lidar com a dor não é muito fácil para um tipo 7 – o melhor mesmo é colocar chantilly e seguir em frente. Ver o copo meio cheio é talento desta personalidade fascinada pelo mundo.

Mark Sloan

Mark Sloan

Tipo: Tipo 7 - O Sonhador

Sub-tipo: Preservação

Mark Sloan é extrovertido e jovial, características presentes no perfil 7. Motivado por variedade de estímulos e sensações, Mark largou sua famosa clínica de cirurgia plástica em Nova York para se aventurar pelos corredores do Seattle Grace. A manifestação do instinto preservação é percebida quando Mark faz de tudo para resgatar a amizade de Derek Shepherd, pelo qual cultiva o sentimento de fraternidade. Mark, mesmo em seu leito de morte, jamais perdeu o bom humor e energia positiva; mas, por outro lado, não foi capaz de lidar com as dores e os traumas causados pelo acidente de avião que ele e seus colegas sofreram, e que levou à morte de sua amada Lexie. Ciente da gravidade dos seus ferimentos causados pelo acidente, Mark decidiu então que se não houvesse melhoras no seu quadro clínico, optaria pelo desligamento dos seus aparelhos.

Catherine Avery

Catherine Avery

Tipo: Tipo 8 - O Confrontador

Sub-tipo: Sexual

Se tem uma alguma personagem que expressa força e firmeza na sua fala, no modo de se expressar e até mesmo na forma de andar, é Catherine Avery. Catherine assumiu a frente de todos os negócios da família, conquistou o respeito de todos e tem o poder em suas mãos. A manifestação do instinto sexual faz com que o seu ímpeto se intensifique em suas relações pessoais e se torne bastante dominadora, postura típica do perfil 8. Principalmente com seu filho Jackson, ela sempre teve necessidade de saber o que acontecia na vida dele e dava ordens de como ele deveria agir. Além do olhar lascivo e postura intimidadora, tinha certeza de que seria Weber a pessoa com quem ela se relacionaria, com investidas bastante objetivas. Catherine é independente e dona si e, mesmo com a descoberta de um tumor na cabeça, não perdeu a postura autoritária. Ela decidiu que lidaria sozinha com a doença, pois tem pavor de ficar incapacitada e receber ordens.

Tatcher Grey

Tatcher Grey

Tipo: Tipo 9 - O Preservacionista

Sub-tipo: Preservação

Se teve alguém que foi passivo em sua história no seriado, esse alguém é Tchatcher Grey, pai da protagonista Meredith. Seu comportamento fica explícito quando mostra que era totalmente dependente de comando de Ellis na época em que era casado com ela, fazendo exatamente o que era mandado, como um bom tipo 9, para não gerar conflito. Seu instinto de preservação fica evidente ao olharmos para sua incapacidade de se posicionar – independentemente da situação, sempre preferiu se fingir de morto para sobreviver. Mesmo com as cobranças da filha, de quem acabou se afastando quando se separou de sua mãe, Tatcher fica apático quando é confrontado sobre sua postura. Tatcher ilustra a tendência de todas as personalidades: ferir o outro com sua ferida de infância (no caso do tipo 9, ferida do abandono). Sua fuga da realidade fica ainda mais evidente quando sua esposa, Susan Grey, falece repentinamente. Tatcher então acaba se afastando ainda mais das pessoas, como uma maneira de conter ainda mais sua raiva e não direcioná-la para fora, atitude comum aos perfis 9. Importante mencionar que tipos 9 possuem grande raiva dentro de si, mas a mantém sob controle com anestesiamento mental, emocional ou através de narcotização.

Owen Hunt

Owen Hunt

Tipo: Tipo 9 - O Preservacionista

Sub-tipo: Sexual

Quem olha para a postura de Owen Hunt logo percebe que ele é um homem ativo, com muita energia para trabalhar. E não é preciso muitos episódios para perceber o quanto de sua energia é anestesiada quando, passivamente, Hunt foge dos conflitos: por exemplo, ao não contar para a mãe e para a ex-noiva que ele havia retornado da guerra, ou quando a ex-noiva apareceu no hospital e ele foi se esconder. Como um bom tipo 9, uma de suas características é a indecisão. Isso fica evidente quando precisa decidir com quem irá se relacionar: Amelia ou Teddy. Com cada uma delas, ele busca dizer exatamente o que irá agradá-las, sendo que sua capacidade de fundir-se com a outra pessoa ilustra muito bem seu instinto sexual. Quando chefe do hospital, Owen exerceu uma liderança democrática, ouvindo as pessoas. Uma de suas atitudes mais marcantes se dá quando assume passivamente a culpa pelo acidente de avião e segue a vida de maneira anestesiada, sem demonstrar muita dor ou pesar.

George O'Malley

George O'Malley

Tipo: Tipo 9 - O Preservacionista

Sub-tipo: Sexual

George está sempre indeciso, e essa é uma das várias características que ele apresenta como perfil 9. Diferentemente de um tipo 6 (que sabe o que quer, mas fica inseguro em relação aos próximos passos para conquistar o que deseja), George não tem clareza do que quer, tanto que fica vulnerável a sugestões alheias. Um exemplo disso aconteceu quando Owen disse que George era bom em trauma e o aconselhou a trabalhar como médico no exército – George prontamente acatou e se alistou. Essa indecisão também fica evidente quando precisou decidir entre ficar com a Callie e a Izzie: demorou dias para decidir o que fazer e acabou decidindo mais pela pressão da Izzie do que por um posicionamento próprio. George encontra através da fusão com as outras pessoas, instinto sexual do perfil, a maneira de não gerar conflito – por exemplo, quando morou um período com o Burke e acabou pegando toda a rotina e manias do dono da casa.

Richard Webber

Richard Webber

Tipo: Tipo 9 - O Preservacionista

Sub-tipo: Social

Webber é um líder bastante democrático, muito bom ouvinte e empático com as pessoas, o que mostra sua personalidade no perfil 9. Chegou à chefia do hospital por uma sucessão de fatores e não por ter sido um objetivo traçado. Os médicos que eram seus colegas quando entraram no hospital acabaram indo para novas oportunidades, enquanto Richard passou a vida inteira trabalhando no mesmo local. Como um bom tipo 9, ele encontra seus métodos para fazer fluir a vida profissional; mas, quando o assunto é a vida pessoal, acaba tendo dificuldade de se posicionar e demonstra claramente sua busca pela paz fugindo da esposa, que é questionadora e exige posicionamento dele. E sempre que isso acontece, Richard trava e não sabe muito bem o que fazer ou dizer. Seu instinto social se manifesta na habilidade de conduzir um grupo enorme de médicos e enfermeiras com paciência e empatia.

O Instituto Eneagrama é a maior empresa no Brasil e no mundo especialista em Eneagrama. Promovemos melhorias e desenvolvimento na vida de nossos clientes.

Todos os direitos reservados. IEneagrama. 2020