5 Dicas práticas para manter o equilíbrio emocional e mental

Ficar em casa parece ser fácil, mas como está sendo ficar com você mesmo?

Ficar em casa parece ser fácil, mas como está sendo ficar com você mesmo?
Já parou para pensar no quanto esse momento pode ser enriquecedor e transformador para você?

Sim, estamos passando por uma experiência jamais vivida! São desafios para os quais não fomos preparados e lições que não nos foram ensinadas. Tudo cai por terra. Já não sabemos mais aquilo que achávamos que sabíamos. O nosso planejamento do ano vai por água abaixo: você olha a sua agenda e já não sabe mais o que vai acontecer na semana que vem. Enquanto isso, o calendário vai passando. Aquelas datas especiais ou compromissos importantes que estavam marcados trazem a sensação de que nossa vida parou.

Estamos estagnados e nos sentindo impotentes.
Diante desse cenário, o único controle que temos é sobre nós mesmos. Tomaremos atitudes ou deixaremos as emoções falarem mais alto?
Por isso, a melhor escolha é não se deixar ser tomado pelas emoções.

Para isso, preparei algumas dicas fundamentais para você manter o equilíbrio emocional nesses tempos tão desafiadores e, ao mesmo momento, tão transformadores:

1 – Não procrastine! 

Chegou a hora de decidir e começar a colocar em prática aquilo que você se propôs.
Olhe seu planejamento pessoal feito no início do ano: há algo que você foi deixando de lado, mas que poderia colocar em prática agora? Quantos planos você fez até hoje? Quantos você concluiu? Quando começamos a agir, colocamos a energia da nossa vida em movimento e nos sentimos mais confiantes. Comece, e isso se tornará um hábito.

2 – Não seja pessimista!

Procure ter uma mentalidade positiva diante da vida! Manter uma saúde mental nesses tempos difíceis vai ser essencial para que você alcance resultados positivos na sua vida pessoal e profissional. Tome conhecimento das coisas que lhe abalam e tiram o foco do positivo. Procure evitá-las. Você tem poder sobre suas escolhas, então faça escolhas que lhe façam bem.

3 – Seja adaptável!

Em situações que não temos o controle, o melhor é se adaptar. Seja adaptável!
Você está aproveitando o momento para desacelerar?
Abra-se para o novo. Aproveite esse momento para se reinventar e desapegar-se de velhos hábitos e de coisas que não lhe servem mais. É importante sair do piloto automático, trazendo profundidade para sua vida e maior consistência nas suas ações. Como você cria o seu piloto automático está criando quem você vai ser daqui a pouco.

4 – Viva o agora!

Que tal viver o agora? Esteja conectado com o momento presente!
Querer prever o futuro, ou querer seguir os planos do jeito que foram desenhados no início do ano para ter controle sobre as coisas, só vai trazer mais ansiedade para sua vida. A escolha mais eficaz e produtiva nesse momento é estar focado no agora.

5 – Não fuja dos seus sentimentos!

Nada de fugir dos sentimentos que lhe incomodam! Acolha suas emoções negativas e aprenda com elas.
Nesse momento em que muitas emoções vêm à tona, a melhor escolha é você não brigar com elas. Aprenda a olhar para seus medos, insegurança e irritabilidade. Tenha neutralidade diante das emoções. Olhe, sinta, mas não seja tomado por ela. Elas falam muitos sobre suas fragilidades e podem ser um caminho para você conhecer potenciais escondidos. Por isso, preste atenção nas suas emoções.
Agindo assim, você não só enfrentará esse momento com muito mais equilíbrio, como também sairá ganhando com tudo isso, com muito mais consciência, autoconhecimento e fortalecimento emocional.

O caminho para dentro de nós mesmos é algo que vale a pena seguir!

Juliana Ristoff Trein                                                                                                                                                                                      Diretora e Trainer do IE Extremo Oeste Catarinense 

COMPARTILHE:
SIGA O IE BRASIL NAS REDES SOCIAIS

Todos os direitos reservados. IEneagrama. 2020